• 21.10.2018

Condromalácia patelar: dicas para acabar com as dores no joelho!

As mulheres são as mais acometidas por este tipo de lesão. É considerada o desgaste na cartilagem do joelho que acaba ocasionando dor e inflamação no local.
Estresse repetitivo das articulações, musculatura fraca da região do joelho e quadril e sobrepeso são possíveis causas da condromalácia patelar. O principal sintoma é dor na região anterior do joelho que se manifesta ao subir e descer escadas, levantar após ficar muito tempo sentado, ou durante a corrida após alguns Kms. A fisioterapia irá focar na causa e no alivio da dor, melhora dos movimentos, fortalecimento e controle do movimento.

Listamos algumas dicas para acabar com a dor:

  • Manter um peso saudável: Qualquer tipo de sobrecarga pode ser a fonte causadora de dor. Por isso, o peso elevado gera estresse excessivo na região anterior dos joelhos durante as atividades esportivas.
  • Compressas de gelo: Em casos de dor aguda, comum em corredores que tem dor no mesmo dia ou no dia seguinte as provas ou treinos, o gelo pé um poderoso analgésico. Da mesma forma, pode ser usado após batidas ou traumas. Uma compressa de 20 minutos, 3x por dia pode ser usada na região anterior do joelho (patela).  
  • Ao sentar, estique mais as pernas: A forma de sentar pode sobrecarregar os joelhos ao longo de horas de trabalho. Com os joelhos dobrados para trás, a pressão da patela (rótula) aumenta sobre o osso do fêmur. Sentar com as coxas na mesma altura do quadril,  e de forma que os joelhos fiquem um pouco mais esticados além da frente do joelho diminui a pressão na patela. Não sentar por cima das pernas tipo “perna de índio”ou ficar de cócoras por muito tempo também são dicas de como evitar a dor.
  • Pratique exercícios de fortalecimento e controle do movimento: Após ser avaliado por um fisioterapeuta, devem ser prescritos exercícios específicos que envolvem a musculatura do quadríceps (frente da coxa), e músculos que envolvem a região posterior e lateral do quadril. Além disso, devem ser analisado o movimento do paciente ao realizar atividades como descer da escada, agachar e outras atividades funcionais

 Você sente dores na frente do joelho?